Silvio Santos recusa proposta milionária da Friboi e se livra de escândalo

Há dois anos, uma das marcas do grupo JBS, hoje envolvida na Operação Carne Fraca, convidou Silvio Santos para ser seu garoto-propaganda. Sem sucesso.

Após ter seduzido Tony Ramos e até Roberto Carlos, o apresentador não aceitou a oferta mesmo diante de cifras altíssimas. Falou-se em uma fortuna, mas o dono do SBT manteve a postura de fazer propaganda somente de seus negócios.

Os próprios diretores da emissora condenaram Silvio Santos, já que os valores eram completamente fora da realidade, segundo noticiado na época. O montante exato não foi divulgado, mas seria um valor maior (e muito) ao pago para Tony Ramos e Roberto Carlos, por exemplo.

A Operação Carne Fraca, deflagrada pela Policia Federal na semana passada, tem como objetivo investigar o envolvimento de agentes públicos federais e empresários do agronegócio que permitia, por meio de propinas, a distribuição de cargas adulteradas ou fora das normas de qualidade de carne, frango e embutidos de porco e aves, que seriam vendidas para o Brasil e para o exterior.

A operação atingiu mais de 70 empresas, e dentre elas a Friboi, do grupo JBS, que tentou seduzir Silvio Santos para estrelar uma de suas campanhas.

Até o momento, a Justiça Federal determinou o bloqueio de até R$ 1 bilhão de 46 pessoas investidas na Operação.

Além disso, decretou 27 prisões preventivas, 11 temporárias e 77 conduções coercitivas, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.

Fonte: na telinha