Fachin libera conteúdo das delações da Odebrecht e políticos se apavoram


As redações dos principais veículos de comunicação localizados em Brasília foram surpreendidas com um aviso inesperado feito pela assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal (STF), no final da tarde desta quinta-feira, para que levassem um HD externo de um Terabyte até às vinte horas ao prédio do STF. 

É que o ministro Edson Fachin (Foto), relator da Lava Jato no STF, levantará, a qualquer momento, o sigilo das delações da Odebrecht, tornando públicas as informações contidas nos depoimentos dos delatores.

Os áudios e as provas físicas revelarão absurdos dos bastidores da política brasileira e escancarão de vez para todo o país a gigantesca organização criminosa que são o PT, o PMDB e outros partidos, e ainda selará o fim da vida política de Lula e Dilma Rousseff.

Certamente estaremos vislumbrando o momento de imenso desespero na classe política nacional, onde, pelo que já se sabe, teremos centenas de deputados e dezenas de senadores citados como corruptos, colocando o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto numa de suas piores crises políticas em toda a história brasileira. Mas está certíssimo o ministro em dar publicidade às delações. O povo tem todo o direito de conhecer a verdade sobre a política brasileira e os ladrões que por ela se locupletam.

É difícil até imaginar o que poderá acontecer ao longo dessa sexta-feira e daqui para frente.

Veja Mais em http://www.debatesculturais.com.br/fachin-libera-conteudo-das-delacoes-da-odebrecht-e-politicos-se-apavoram/