Bomba: Supremo autoriza e Polícia Federal está nas ruas. Chegou a hora deles!

Bomba: Supremo autoriza e Polícia Federal está nas ruas. Chegou a hora deles!
A Polícia Federal está nas ruas, nesta terça-feira, em três operações distintas. As buscas e apreensões atingem sete estados (PE/BA/MS/GO/PA/TO e SC) e o Distrito Federal.

A primeira delas foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em Pernambuco, Bahia e Brasília, como desdobramento da Operação Lava-Jato, que neste mês completou três anos de investigações.

Os alvos desta terça são pessoas ligadas aos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Valdir Raupp (PDMB-RO). Os parlamentares não são alvo de mandados.

Licitações

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira, a Operação Licitante Fantasma. O objetivo é desarticular organização criminosa que teria fraudado o sistema Comprasnet – ferramenta de pregão eletrônico do governo Federal – e também em licitações presenciais, no Mato Grosso do Sul.

Crimes cibernéticos

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira a segunda fase da Operação Darkode. A ação desarticula, em quatro estados e no Distrito Federal, uma organização criminosa especializada em fraudes contra o sistema bancário, por meio eletrônico.

A estimativa da Polícia Federal é que as ações do grupo tenham causado prejuízo superior a R$ 2,5 milhões, sobretudo mediante fraudes contra o sistema bancário.

As diligências, segundo a PF, estão sendo executadas nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia (GO), Anápolis (GO) e Senador Canedo (GO) e, também, nos estados do Pará, de Tocantins, de Santa Catarina e no Distrito Federal.

Créditos juntospelobrasil.com