ABSURDO: STJ tira esposa de Cabral da cadeia e a manda para casa

O STJ acolheu, nesta sexta-feira (24), recurso da defesa da advogada Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral, e manteve a decisão da Justiça Federal no Rio que concedia a ela prisão domiciliar. 

De acordo com o órgão, a concessão da liminar será publicada na terça-feira (28).

O pedido da defesa da ex-primeira dama do Rio de Janeiro foi avaliado pela ministra Maria Thereza de Assis Moura, que concedeu a liminar restabelendo a decisão do juiz federal Marcelo Bretas.

De acordo com o advogado Alexandre Lopes de Oliveira, que defende Adriana, apesar da decisão ter sido tomada nesta sexta, o processo de soltura da advogada só terá início na próxima segunda-feira (27).

Adriana está presa desde dezembro no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Créditos papotv.com.br