Sergio Moro intima Marta Suplicy, já delatada na Lava Jato

Sergio Moro intima Marta Suplicy, já delatada na Lava Jato

Marta Suplicy (PMDB-SP)foi delatada na Lava Jato em agosto de 2016 pela Odebrecht e segundo a empreiteira, recebeu 500.000 reais através do caixa dois na campanha de 2010, quando na época concorria ao Senado pelo PT.

Agora Marta foi intimada pelo juiz federal Sergio Moro a depor na operação como testemunha de Branislav Kontic, ex-assessor do ex-ministro Antonio Palocci. Ela fará uma audiência no próximo dia 29,por meio de uma videoconferência, em Brasilia.  (Com Informações da Veja)

Marta é condenada e tem direitos políticos suspensosem 2014: A ex-prefeita Marta Suplicy (PT) foi condenada pela Justiça de São Paulo por improbidade administrativa em razão de um contrato firmado sem licitação, durante sua gestão na Prefeitura de São Paulo (2001-2004). Em decisão de primeira instância, o Juiz Alexandre Jorge Carneiro da Cunha Filho, da 1ª Vara de Fazenda Pública, condenou a ex-prefeita a suspensão dos direitos políticos por três anos e ao pagamento de multa no valor de 50 vezes a sua remuneração como prefeita.