PT treme: Para sair da cadeia, Cabral vai delatar Lula e Dilma


Uma onda de pânico varre o PT. Deprimido, chorando todos os dias, o ex-governador Sérgio Cabral não está aguentando os rigores do presídio de Bangu. Para tentar escapar, junto com a mulher, Adriana Ancelmo, se prepara para entregar tudo o que sabe sobre Lula e Dilma Rousseff.

A delação premiada de Cabral pode provocar estragos imensos. Tem gente que considera que a parceria entre Lula e o ex-governador era muito intensa.



César Weis