MINISTÉRIOS PÚBLICOS FIRMAM DECLARAÇÃO DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CONTRA A CORRUPÇÃO

O procurador-geral da República do Brasil, Rodrigo Janot, e os procuradores-gerais de mais 10 países que conduzem investigações relacionadas à Odebrecht firmaram, nesta quinta-feira, 16 de fevereiro, a Declaração de Brasília sobre a Cooperação Jurídica Internacional contra a Corrupção.

 O documento é resultado da reunião realizada no Memorial do Ministério Público Federal, em Brasília. Participaram da reunião representantes dos Ministérios Públicos do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru, Portugal, República Dominicana e Venezuela.  

Fonte Lava jato news