Lava Jato reagirá a qualquer movimento contra a operação

Folha: Um pessoa com acesso às investigações da Lava Jato diz que, a cada movimento contra a Lava Jato, haverá reação. 

Nas palavras dela, "será uma guerra aberta".

Um exemplo disso foi o genro de Moreira Franco, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que articulou a aprovação de urgência para um projeto que poderia reduzir o poder do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), onde corre um processo contra a chapa Dilma-Temer.

Diante da repercussão, Maia afirmou, no dia seguinte, que não votaria o texto sem acordo. Horas depois, viu seu nome aparecer em um relatório da Polícia Federal.

Créditos  PAPOTV