Intervenção militar no Rio de Janeiro… Só falta escolher o General para o lugar de PEZÃO!

O presidente Michel Temer autorizou nesta segunda-feira, 13, o uso das Forças Armadas para ajudar no policiamento das ruas no Rio. O anúncio ocorre no 4º dia de mobilização de mulheres de policiais militares nos batalhões e após a morte de um torcedor no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, na zona norte do Rio.

Nesta segunda, o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, se reuniu com Temer no Palácio do Planalto e pediu a atuação das tropas federais na capital fluminense.
 
Segundo informações da Agência Brasil, o governo federal ainda estuda o número de militares que serão enviados, os locais de atuação, e a data de início das ações, que podem começar já nesta terça-feira. 14.
 Engenhão. O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios passou a guardar viaturas no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, como forma de driblar o bloqueio feito nos batalhões pelas mulheres de policiais militares. A medida já havia sido tomada neste domingo, 12. Policiais do Gepe se apresentaram diretamente no Engenhão para o jogo Botafogo x Flamengo, onde um torcedor morreu e outros sete ficaram feridos após confronto entre torcidas organizadas.
Créditos CristalVox