Cunha manda recado ”Preparem a CADEIA, estou protocolando delação e vou levar muita gente comigo”


A possibilidade de acordo de delação premiada por parte do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi concretizada na tarde desta segunda-feira (18) quando o deputado foi a PGR e formalizou seu pedido. A cúpula do MPF disse que aceita a delação.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, os procuradores teriam afirmado em conversas privadas que não existe nenhuma objeção a uma delação de Eduardo Cunha, caso o peemedebista tenha interesse em fazê-la.
No entanto, é necessário que o ex-presidente da Câmara apresente uma proposta consistente. Os procuradores explicam que ninguém iria recusar a aceitar uma delação de Cunha, se ele estiver disposto a entregar provas contra altas figuras da República ainda não implicadas.

 Créditos Jornal do País