Advogados de Okamotto, braço direito de Lula, irritam Sergio Moro

O juiz Sergio Moro irritou-se com a defesa de Paulo Okamotto, braço direito de Lula, e presidente do Instituto Lula, durante audiência na última quinta (9). O entrevero aconteceu ao final do depoimento do ex-presidente Fernando Henrique, testemunha de Okamotto.

Isso porque a defesa decidiu gravar o depoimento. “Houve uma grave irregularidade consistente na gravação de vídeo da audiência por um dos presentes sem que tivesse havido autorização do Juízo. Conteúdo da gravação irrelevante, mas ainda assim trata-se de irregularidade que não deve se repetir”, disse o juiz na ata da audiência.

Veja Mais em http://www.cesarweis.com/l-advogados-de-okamotto-braco-direito-de-lula-irritam-sergio-moro/