Vereador preso com 300kg de droga é eleito e diplomado


Infelizmente, isto está ficando recorrente. Dessa vez, o vereador fora-da-lei veio de Ubaitaba, no sul da Bahia. Messias Aguiar foi diplomado mesmo estando preso. A cerimônia aconteceu por meio intermédio de procuração e vergonhosamente autorizada pela Justiça Eleitoral.

Apesar de diplomado, o vereador ainda não tomou posse da função, justamente por ainda estar preso no Conjunto Penal de Valença, no baixo sul do estado. Caso a posse não ocorra até o dia 15 de janeiro, o suplente dele deve assumir a vaga.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), vereador traficante teve sua campanha financiada pelo tráfico de drogas. Acredite se quiser, ele foi o segundo mais votado na cidade, com 571 votos.

“Há informações de que toda a campanha tenha sido financiada pelo tráfico local”, afirmou o delegado responsável, na ocasião da prisão. Realmente, precisamos aprender a votar.