Rota mata cinco homens ligados ao PCC com 100 kg de cocaína


Policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) mataram cinco homens durante um tiroteio na Rodovia dos Imigrantes, na região do ABC paulista, na noite de sábado. De acordo com a polícia, o grupo transportava mais de 100 quilos de pasta de cocaína da Baixada Santista para a capital, e a droga seria da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Com os suspeitos, foram apreendidos também quatro pistolas e um fuzil. A informação é do Estadão.

Segundo informações da polícia, a Rota recebeu uma denúncia anônima informando sobre três veículos que passariam pela Rodovia dos Imigrantes transportando a cocaína. Os carros eram uma picape Strada, uma Montana e um Astra. Os policiais montaram uma operação para cercar e prender os suspeitos. Por volta das 23h de sábado, os veículos – as picapes transportando a droga e o Astra fazendo a escolta – passaram pelas viaturas e teve início a perseguição pela rodovia.

Na altura do km 37, a Strada foi cercada pelos policiais da Rota. Segundo eles, um homem armado com uma pistola calibre 380 desceu e começou a atirar. Na troca de tiros, acabou atingido e morreu em um hospital próximo. Na caçamba do veículo, os PMs encontraram 50 tabletes de cocaína.

No km 35, a Montana foi cercada pela PM. Na versão deles, o motorista também desceu atirando e acabou baleado. Ele portava uma pistola automática e morreu no local. No veículo foram encontrados mais 50 tabletes de cocaína.

A perseguição se estendeu por mais alguns quilômetros da Rodovia dos Imigrantes. O último carro, um Astra ocupado por três suspeitos, foi cercado na altura do km 21,5. A PM diz que eles pararam no acostamento, desceram e começaram a atirar. Um deles estava com um fuzil calibre 556, e os demais portavam pistolas automáticas e carregadores.

Os três foram atingidos e levados para um hospital da região, mas também não resistiram.

Créditos PAPOTV