Renan Calheiros manda e Temer nomeia favorito para CNJ


O advogado Henrique de Almeida Ávila, de 33 anos, foi nomeado ontem pelo presidente Michel Temer para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A informação é do Estadão.

Apoiado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, Ávila teve a indicação aprovada pelo plenário do Senado em novembro, na disputa com o advogado do Senado Otávio Orzari.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) é o órgão responsável por fiscalizar a atuação de juízes de todo o país, bem como os da Lava Jato.

Ávila era o preferido de Renan no Senado. Na Câmara, o nome preferido do peemedebista é a advogada Ana Luísa Marcondes, que trabalhou como sua assessora na presidência do Senado e na liderança do PMDB.  

Renan mandou, Temer obedeceu.

Créditos PAPOTV