Reeleição inconstitucional de Rodrigo Maia tem que ser barrada pela sociedade


A sociedade precisa rapidamente se organizar e não permitir que mais um descalabro seja efetivado.
É inadmissível que políticos agindo sorrateiramente, agridam cotidianamente a Constituição, de acordo com suas conveniências.

O Supremo Tribunal Federal (STF), que deveria ser o guardião da Carta Magna, tem se mostrado um tribunal político, afeito a negociações.
Assim, não resta outra alternativa, senão a manifestação popular nas ruas e nas redes sociais para impedir que este moço, com atuação notadamente contra os interesses da sociedade, seja reeleito para um cargo em absoluto confronto com a nossa lei maior.
Acorda Brasil! 

Créditos JORNAL DA CIDADE ONLINE