Presidente das Filipinas assina decreto autorizando a polícia matar traficantes, em 1 dia já morreram 300


O presidente das Filipinas Rodrigo Duterte assinou um decreto autorizando o início de uma mega operação de caça e extermínio de todos os traficantes do país. No primeiro dia de operação, cerca de 300 criminosos foram mortos.

Em seu primeiro pronunciamento, o presidente filipino, apelidado de “O Justiceiro” parabenizou a polícia pelo sucesso na operação. Ele disse ainda que o tráfico de drogas “afogou o país” e deve ser parado “a qualquer custo”. 

“Não vamos parar até que o último barão da droga e o último financiador tenham se rendido e colocados atrás das grades, ou embaixo da terra, se quiserem”.

Via: Paisalerta