Patrícia Pillar quer ser indenizada e vai à Justiça contra ataques por ter defendido Dilma


Patrícia Pillar resolveu levar adiante a máxima que diz "bateu, levou". A atriz foi à Justiça e está movendo uma ação contra quatro pessoas que a atacaram por ela ter defendido a ex-presidente Dilma Rousseff.

Pillar será representada pelo advogado Ricardo Cerqueira, no processo que corre na 40ª Vara Criminal do Rio, segundo informações do colunista. Na delegacia responsável pelo caso, foi pedido a quebra dos dados cadastrais de Danilo Veras, José Ferras, Edemar Abbiati e Luiz Sérgio Zanella.

Dilma Rousseff não cumpriu o seu mandato completo por ter sofrido processo de impeachment no dia 31 de agosto de 2016.