Filho de Teori Zavaski: “Seria péssimo para o Brasil ter um ministro do STF assassinado”


Francisco Prehn Zavascki, filho de Teori Zavascki, concedeu entrevista à Rádio Estadão
“Seria péssimo para o país ter um ministro do STF assassinado”.

“É necessário que se investigue a fundo. Temos que saber se foi acidente ou não”.

“Temos que saber a verdade, seja ela qual for “.

Francisco, que é advogado, contou que o pai lhe disse (no último dia 18 ) que estava prestes a homologar as delações da Odebrecht na Operação Lava Jato.

“Ele me contou que tudo seria homologado até o começo de fevereiro…”

“Meu pai estava preocupado com 2017 e sabia que poderia ser pior que 2016”

Francisco disse que os escândalos de corrupção no país “não poderão ficar impunes” e que o país tem “instituições sólidas”.

Veja Mais em http://www.diariodobrasil.org/filho-de-teori-zavaski-seria-pessimo-para-o-brasil-ter-um-ministro-do-stf-assassinado/