BOMBA: Avião que matou relator da Lava Jato estava sem caixa-preta


A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB) informou à Veja que a aeronave que caiu com o ministro do Superior Tribunal Federal Teori Zavascki na tarde desta quinta-feira (19) não tinha caixa preta.

Segundo a Aeronáutica, o modelo do avião que caiu, um King Air C90GT, da Hawker Beechcraft, fabricado em 2006, não tinha obrigação de possuir o equipamento.

O avião tinha capacidade para oito pessoas, sendo sete passageiros. Todos os certificados estavam em dia, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

O registro da aeronavegabilidade estava com validade até 2022. Já o prazo da documentação de inspeção de manutenção venceria em abril deste ano.

O atentado parece um filme, e ao que tudo indica, foi perfeitamente planejado. 

Veja Mais em papotv.com.br