BOMBA: Acordo da Odebrecht arruína planos de Lula em 2018 e afunda tese de Dilma como “vítima”


Se os últimos anos foram terríveis a Lula, Dilma Rousseff e PT, talvez eles tenham até saudade. Isso porque o futuro se anuncia pra lá de nebuloso. Primeiro, pela derrota de duas “narrativas”: a de que Lula seria perseguido politicamente de forma injusta e a de que o impeachment seria um “golpe”.

O maior complicador, no entanto, é o fato de que o FBI promete mergulhar de cabeça investigando o Petrolão. Aqui, nossos bravos da Lava Jato encontram resistência e mesmo assim fazem um trabalho formidável, mesmo com orçamento reduzido. Imagine o que não farão os outros, com acesso a arquivos de vários países.

Diante de tudo já apurado e comprovado, bem como considerando as denúncias, é razoável dizer que os planos de Lula para 2018 estão arruinados. A menos que pretenda concorrer como Senador, na hipótese de ter condições eletivas. Já Dilma, que desde quando foi impichada sustenta o discurso de vítima, agora também não poderá mais sustentar essa tese.

JÁ SE FALA ABERTAMENTE SOBRE QUEM SERIAM “BRAZILLIAN OFFICIAL” 1, 2, 3 E 4. É QUESTÃO DE (POUCO) TEMPO PARA QUE A INFORMAÇÃO SEJA OFICIALMENTE DIVULGADA. POIS É, POIS É, COMPLICOU MESMO.

COMPARTILHE 

VEJA MAIS EM http://www.jornaldopais.com.br/bomba-acordo-da-odebrecht-arruina-planos-de-lula-em-2018-e-afunda-tese-de-dilma-como-vitima/