Antes de ser preso, Lula oficializa sua candidatura


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira em Salvador, durante encontro com militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que vai voltar a ser presidente da República. “Se preparem, porque, se necessário, eu serei candidato. Se eu for candidato, é para a gente ganhar as eleições.

Nós vamos voltar a governar este país”, disse a uma plateia que usava bonés vermelhos com a inscrição “Estamos com Lula” e gritavam “Brasil pra frente, Lula presidente”.

A estratégia de Lula e de sua defesa, é propagar que ele foi preso por ser candidato, e não porque cometeu crimes.

Créditos PAPOTV